sexta-feira, 5 de setembro de 2014

VENCENDO O MEDO

“Mas graças a Deus, que nos dá a vitória por nosso Senhor Jesus Cristo” (1Coríntios 15.57). Jesus venceu a morte. Não precisamos temer mais. Nosso maior algoz foi derrotado. Temos agora a certeza da salvação! Jesus está conosco! O Todo-poderoso habita em nós! Não há razão para termos medo! Nem da morte, nem de demônios e maldições. Deus é por nós. Quem, então, será contra nós?
Apesar de todos concordarem com as afirmações acima, na prática o que vemos é o medo estampado nos semblantes quando alguém fica endemoninhado. Ué, mas a Bíblia não diz que “maior é o que está em nós do que o está no mundo” (1João 4.4)? A Escritura não fala que “aquele que é nascido de Deus o maligno não toca” (1João 5.18)? Não diz também que, em nome de Jesus, expulsaríamos demônios (Marcos 16.17)? Ora, até os discípulos de Cristo, que vacilavam a beça, expulsaram demônios (Mateus 10.1)! Por que achamos, então, que esse tipo de coisa é tarefa exclusiva do pastor? Por que temos medo de demônios quando o Deus Todo-poderoso está conosco?
Querido, se você já recebeu a Cristo como Salvador, tenho uma boa notícia: não precisa mais ter medo! O próprio Deus, remetendo-se ao seu povo, declara: “não temas, porque eu sou contigo; não te assombres, porque eu sou o teu Deus; eu te esforço, e te ajudo, e te sustento com a destra da minha justiça” (Isaías 41.10). Você não precisa ter medo do Diabo, de macumba, de palavras de maldição, de praga, etc. Com Sua Palavra, Ele nos liberta do medo. Porquanto, Ela nos ensina que as palavras não têm poder algum. Só a Palavra de Deus tem poder! A do homem não pode nem amaldiçoar nem abençoar! Quem abençoa é Deus. Por isso, em Números 6.23,24 o Senhor orienta: “Assim abençoareis os filhos de Israel, dizendo-lhes: O SENHOR te abençoe e te guarde”; pois quem abençoa é o Senhor, não o homem.
Além disso, não precisamos temer esse negócio de “palavra de maldição”. Isso nem existe! Amaldiçoar significa maldizer; declarar mal, praguejando contra; blasfemar. Isto é, trata-se de “invocar o mal”, “orar para que venha o mal”, “proferir imprecações contra”. É o contrário de Bendizer. Refere-se à esperança de que o mal e a tragédia venham sobre uma pessoa. Contudo, em dicionário nenhum aparece a ideia de lançar poderes malignos sobre alguém. Nem na Bíblia existe essa ideia! Quando a Escritura usa o termo “maldição”, em momento algum há a intenção de afirmar que uma pessoa pode lançar poderes malignos sobre outra. Isso é engano do Diabo para fazer você viver com medo! Cristo vive em nós! Somos o Israel do Senhor. Contra nós não vale encantamento (Números 23.23)! O maligno não nos toca (1João 5.18)! Seja livre! Viva sem medo! Viva com Cristo!
Pr. Cremilson Meirelles

Nenhum comentário:

Postar um comentário