quinta-feira, 25 de julho de 2013

OS SONHOS DE DEUS




“Os sonhos de Deus não podem ser frustrados”! Quantas vezes ouvimos frases desse tipo. No entanto, dificilmente paramos para refletir na questão suscitada por essa expressão: será que Deus sonha? Ora, quando falamos em sonhos existem duas aplicações para tal termo. Podemos usar a palavra sonho para nos referir às imagens que vêm às nossas mentes quando dormimos, ou aos nossos desejos e aspirações. Por exemplo, muitos “sonham em ter uma casa própria”. Sendo assim, fica difícil atribuir essa característica a Deus. Você consegue imaginar Deus dormindo? Roncando? Isso é totalmente antibíblico! Até porque, Deus não possui as deficiências humanas. Ele não cansa, não dorme, nem cochila (Sl 121.4).
Acredito que até aí fica difícil discordar, porém, quando tratamos do sonhar no sentido de desejar, há pessoas que defendem fervorosamente a ideia de que Deus sonha. Não obstante, esse “sonhar” em hipótese alguma pode ser atribuído ao Senhor, visto que esse tipo de sonho está associado a algo fantasioso, que pode ou não ser realizado. Esse tipo de sonho, definitivamente, Deus não tem. Basta observarmos os atributos divinos e perceberemos o absurdo dessa ideia. Pois, como poderia um Deus onipotente (que pode todas as coisas) ficar fantasiando algo que deseja que aconteça? Ele pode realizar o que quiser! “Porque para Deus nada é impossível” (Lc 1.37). Além disso, Ele já sabe tudo o que vai acontecer. Afinal é onisciente! Ele conhece as palavras que diremos antes mesmo que as digamos (Sl 139.4), Ele já te conhecia antes da fundação do mundo (Ef 1.4), Ele sabe até as possibilidades (1Sm 23.11-13). Como poderia, então, Deus fantasiar alguma coisa? Deus não sonha. Esqueça essa baboseira de “sonhos de Deus”! Não existe nada na Bíblia que prove o contrário.

Pr. Cremilson Meirelles

Nenhum comentário:

Postar um comentário